segunda-feira, 16 de maio de 2011

Perguntas e Respostas por Srila Acharyadeva


Pergunta: Agora, para a minha pergunta filosófica que ninguém nunca respondeu à minha satisfação...

Por que Krishna organizou a coisa de tal forma que recebemos as reações cármicas em vidas futuras ou muito mais tarde na nossa vida presente, sem sabermos o que fizemos de errado? Parece muito mais compassivo a criança saber o que ela fez de errado antes de receber a punição. Parece-me uma forma cruel de nos ensinar o certo do errado. Eu sei que Krishna é um mestre amoroso, então por que Ele iria fazer um sistema que dá a impressão de ser tão impiedoso, às vezes? Eu suspeito que é para nos ajudar a desenvolver a fé que Krishna sabe o que é melhor para nós.... mas deve haver mais ... que não é o bastante para satisfazer a minha mente obstinada!

Resposta:
Quanto à sua pergunta, aqui é o meu entendimento: a “revolução da psicologia”, liderada por Freud dramaticamente mostrou que grande parte de nossos sentimentos, motivos, etc derivam do condicionamento inconsciente ou subconsciente. Em termos do yoga clássico, isto é chamado de “samskara-s”, o nosso profundo condicionamento.

O processo de autorrealização, através de várias modalidades, nos ensina a trazer o inconsciente para a superfície, de modo a não mais sermos manipulados, conduzidos, ou retidos por coisas das quais nem sequer estamos conscientes.

É claro que em uma cultura que reconhece o karma, como a Índia, as pessoas naturalmente aprendem, desde cedo, a conectar os eventos de sua vida com ações passadas. Esta prática desperta em nós uma profunda capacidade de descobrir dentro de nós mesmos as causas de nossas alegrias e tristezas nesta vida.

Afinal, os nossos atos físicos são meras manifestações de nossos estados mentais. Assim, um ato criminoso é precedido por uma mentalidade criminosa, tanto na superfície da mente, ou escondido no subconsciente. Assim não precisamos saber exatamente o que fizemos para merecer isto ou aquilo. Na verdade, a vida seria completamente disfuncional e louca se estivéssemos cientes das nossas vidas passadas. Imagine as questões de identidade sexual, o apego a familiares todo confuso, quando você se lembrar de dezenas ou centenas de mães e pais de vidas passadas, etnias, vocações, etc. Nós já lutamos nesta vida com um falso ego, imagine lidar simultaneamente com dezenas ou centenas de falsos egos.

Karma é basicamente um sistema moral que premia e castiga-nos pela qualidade moral de nossos atos intencionais. Assim, só precisamos estar conscientes das nossas intenções, boas ou ruins, nossos desejos e motivações, para entender perfeitamente por que passamos por diversas reações. E essas intenções, motivações, etc ainda estão disponíveis para nós dentro de nossa psicologia profunda.

Assim, nós temos o poder de conectar os eventos da vida com nossa própria mente, e assim podemos colher os benefícios de purificação e de progresso que vem com o reconhecimento humilde da justiça suprema de Deus em nossas vidas.

Espero que isso faça sentido para você.

Shrila Acharyadeva (Hridayananda dasa Goswami), Guru Hare Krishna

Fontes: fórum Krishna-katha
.

Compartilhar

Um comentário: