quarta-feira, 13 de julho de 2011

Restaurante vegetariano Gopala Madhava(antigo Gopala Prasada) em SP


O Gopala Madhava oferece uma combinação especial da culinária lacto vegetariana com os sabores da Índia.

Se estiver em São Paulo andando pela Av. Paulista próximo da Av. Augusta não deixe de conhecer esse aconchegante restaurante natural e experimentar os saborosos pratos típicos.

O conceito do restaurante é super interessante. Só abre para almoço com apenas duas opções de cardápio que mudam diariamente. Durante a semana custa R$18,00 a refeição ou R$13,50 a meia porção.

Inclui salada, suco, principal e sobremesa. Na entrada você vai encontrar uma enorma garrafa com aperitivo de gengibre a vontade e para finalizar você pode se servir de um belo Tchai.


O Restaurante Gopala Madhava está localizado na região da Avenida Paulista, próximo ao Metrô Consolação, entre as ruas Augusta e Haddock Lobo.

Local:
Rua Antônio Carlos, 413 - Consolação(altura do número 1400 da Rua Augusta)
São Paulo - SP

Contatos:
Telefone: (11) 3253-3844
Site: www.gopalamadhava.com.br
E-mail: madhava@gopalamadhava.com.br

Para conhecer a História do Restaurante, acesse o link abaixo:
http://www.gopalamadhava.com.br/quem_somos.html

Fontes: Prato Perfeito


Compartilhar

.

Um comentário:

  1. Olá.... nos anos 70 e 80 eu via muitos 'hare krishna' pela cidade... rapazes gentis, de cabelos raspados e roupas alaranjadas, que vendiam livros pelas ruas do Centro, cantavam, e conversavam conosco, quando soliciávamos... aprendi muitas coisas interessantes com eles, como por exemplo que é possível e recomendável uma alimentação sem carne. Naqueles tempos, um vegetariano, independente do motivo, era visto como um Alienígena, um ser extraterrestre... pelo menos no Brasil, eu acho...
    Gorge Harrison e suas composições nos levavam a conhecer esse universo tão diferente do nosso, mas nem todos o apreciavam ou tinham tempo para esse outro universo. Estávamos sendo engolidos (ou libertados) pela agonia e morte da Ditadura (será?). Outros tempos....
    Eu também rolei nesse processo ocidental e materialista... Havia um restaurante na Angélica ou na Consolação, não lembro mais, lá no alto... eu fui duas vezes lá, e adorei. Depois passei a frequentar um vegetariano mais perto do meu trabalho, e as pessoas me achavam estranha, exótica.... Não, eu ainda não era vegetariana. Apenas apreciava o sabor e me sentia bem disposta físicamente.
    Hoje, com tanta informação, cm tanta divulgação e coma forte presença dos veganos, vemos o quanto a crueldade animal nos atinge ainda que não saibamos, o quão surreal e insano pode ser o sofrimento dos nossos irmãozinhos de jornada terrena... Mas tudo é Karma... Sou uma Kardecista nada fanática. Leio as obras de Kardec e de seus diiscípulos e seguidores, e relembro muitas coisas que eu ouvia daqueles jovens de roupas alaranjadas no Centro da cidade, há muitos anos... Por onde andam eles? Porque já não os vemos mais tão constantemente? Outro dia, vi um no metrô e até me surpreendí!
    De repente, lendo este artigo, senti uma imensa vontade de dar este depoimento. Me perdoem, se pareco insolete, deslocada ou imprópria... mas quero, do fundo do meu coração, desejar a voces muito sucesso, aquele tipo de sucesso não apenas de dinheiro, mas o Sucesso Real, que é a conscientização das pessoas para um Mundo muito maior que este planetóide minúsculo... um abraço fraterno!

    ResponderExcluir