segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Fazenda Gita Nagari compartilha generosidade com Templos Hare Krishna urbanos


Criada quando Prabhupada estava vivo, os devotos da Gita Nagari, fazenda da ISKCON com 350 acres na pitoresca Port Royal, Pennsylvania, deram início recentemente a um programa CSA – Comunity Supported Agriculture, para suprir os Templos das cidades da redondeza com produtos orgânicos cultivados como uma oferenda a Krishna. É uma iniciativa que segue as ordens de Srila Prabhupada no relacionamento entre Fazendas-Comunidades e Templos Hare Krishna nas cidades.

O presidente do Templo Hare Krishna Dhruva Maharaj Dasa, foi anteriormente um engenheiro mecânico, não tinha absolutamente nenhuma experiência em fazenda ou cultivo de grãos antes de se dedicar ao Gita Nagari três anos atrás. E haviam poucos para ajudá-lo a iniciar seu CSA, pois, Gita Nagari tem sido ao longo de sua existência uma pequena comunidade de membros dedicados.

Mas nada disso impediu que ele e sua esposa, Parijata Dasi começassem uma horta ano passado.

“Nós fizemos pesquisas consideráveis, primeiro lendo sobre CSAs de um livro chamado Repartindo a Colheita, de Elizabeth Henderson,” ele diz. “A idéia foi introduzida na América do Norte nos anos 80, mas está se tornando muito popular agora, com cerca de 13 mil CSAs no país. Basicamente, isto envolve famílias escolhendo um local, uma fazenda para cultivar e entregar seus vegetais para os outros, pois estes podem se alimentar mais naturalmente e saber de onde sua comida esta vindo.”

Em seguida, Dhruva e Parijata conversaram com muitos fazendeiros locais, alguns dos quais ficaram dispostos em serem seus mentores. Seu primeiro passo na prática, feito em maio do ano passado, foi registrar oficialmente Gita Nagari obtendo o devido Certificado de fazenda de Produção Orgânica.

“Eu não sabia realmente quanto eu devia cultivar pois eu deixei de lado uns 3 acres de terra,” Dhruva diz. “Após algumas tentativas e erros, nosso trabalho passou a ter saldo, rendendo uma opulenta colheita. Nós acertamos contrato com 45 famílias para nosso CSA na cidade vizinha de Philadelphia – trinta das quais do Templo Hare Krishna da ISKCON de lá -, e 15 de um Estúdio de Yoga. Mesmo depois disso, depois de suprir as Deidades Sri Radha Damodara de Gita Nagari e seus devotos, nós ainda tínhamos excedente. Este nós enviamos para o Tuscarora Organic Growers Co-Op, que logrou vendê-lo para restaurantes ou hotéis na área de Baltimore/Washington.”

Este ano, trinta famílias de Washington D.C.(capital) juntaram-se ao Gita Nagari CSA, tendo a presidenta do Templo Hare Krishna, Vrndavana Dasi, pessoalmente fechado acordo com eles devido ao seu entusiasmo pelo projeto.

“Nós aprendemos muito com a nossa experiência do ano passado e descobrimos que, usando o espaço mais eficientemente, nós podíamos suprir a todos com a metade de um acre de terra”, diz Dhruva. “De fato, justamente na semana passada, um devoto fazendeiro muito experiente vindo da Flórida nos visitou e ele ficou espantado com a abundância de vegetais. Em diferentes tempos do ano nos cultivamos batatas, tomates, espinafre, berinjela, pimentas, quiabo, nozes, pepino, limão amarelo, melão, repolho crespo, couve, alface e feijão verde. Pela misericórdia de Radha-Damodara, nosso solo é muito fértil.”

Famílias que firmaram contrato com a CSA pagam $375 dólares por uma estação – Maio a Novembro – como adiantamento, o que contribui para custos com sementes e fertilização.

Dhruva e sua esposa então cultivam os vegetais, colhem-no, dirigem eles mesmos duas horas e meia até Washington D.C.(capital) e entregam 30 a 50 quilos de produtos a seus fregueses uma vez a cada duas semanas. Ambas variedade e quantidade de vegetais variam de acordo com a época do ano ou outros fatores.

“A ideia por trás das CSAs é que o fazendeiro e os membros dividem a abundância da colheita mas eles também dividem os naturais riscos do cultivo”, Dhruva diz. “ Por exemplo, nós podemos ter uma menor produção se faz tempo ruim, ou uma infestação de praga. Ou nós podemos ter os mesmo vegetais duas ou três vezes sucessivamente, de acordo com a estação. Quando isto acontece, para ajudar a nossos membros e treiná-los a comer sazonalmente(de acordo com a estação), nós fornecemos a eles diferentes e criativas receitas.”

Encorajar as pessoas a se alimentar sazonalmente, de fazendas locais, é o objetivo maior do programa da Gita Nagari CSA. “É a ordem natural, e é claro, a única maneira de nos tornarmos auto-suficientes, que é o que nós estamos almejando,” explica Dhruva.

Nos tempos atuais nós somos estragados pelos estoques de supermercados, os quais fornecem o que queremos, mas que são transportados de todas as partes do mundo e, portanto, não são frescos, por mais que forcemos nossa imaginação.”Em contraste, a produção da Gita Nagari é extraída da terra um dia antes dos fregueses a receberem, enquanto que o preço não é mais caro que o produto orgânico que você compraria no supermercado – as treze entregas que os fregueses recebem por estação saem por cerca de $29 dólares por entrega.

Devido à grande fertilidade do solo de Gita Nagari os produtos são muito nutritivos e, ainda mais, cultivados por devotos na terra de Sri Sri Radha-Damodara.

“Este modelo de fazendas-comunidade suprindo produtos para os Templos Hare Krishna nas cidades era desejo de Srila Prabhupada, que frequentemente falava a respeito disso”, Dhruva diz. “E Gita Nagari é estrategicamente bem localizada para este propósito. Nós estamos perto de cinco Templos – dois em New Jersey e um cada cidade: Philadelphia, Washington D.C. e Baltimore.”

No próximo ano, Dhruva espera elevar o nível do programa da Gita Nagari CSA suprindo cada um desses Templos – com possibilidade de agregar New York – com vegetais e flores.

Desde que ele e sua esposa já são exigidos ao máximo cuidando das Deidades da fazenda, cozinha, vacas etc. Dhruva espera recrutar um fazendeiro profissional de tempo integral, que irá cultivar não menos que vinte acres no próximo ano. Além de suprir os Templos e suas congregações, Gita Nagari almeja vender sua produção por atacado e para mercados de fazendeiros.

“Nossos membros estão sempre agradecidos e exultantes em receber estes produtos frescos e orgânicos de uma fazenda que eles conhecem bem.” Dhruva diz. “E nós estamos também agradecidos e exultantes por sermos capazes de fornecer isto a eles.”

Para mais informações, fotos, doações, ajuda, por favor, visite:
Site: www.gitanagari.org
Facebook: http://www.facebook.com/pages/Gita-Nagari-Farm/293313989490

Fontes: fórum Krishna-katha; Madhava Smullen


Compartilhar

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário