quinta-feira, 17 de novembro de 2011

1º Templo Hare Krishna NY pode acabar


A ISKCON pode estar em perigo de perder seu 1º Templo Hare Krishna fundado no ocidente: "2ª Avenida, nº 26 - Centro, Nova York Lower East Side", o lugar onde Prabhupada começou seu movimento em todo o mundo, devido a dificuldades financeiras.

E seus cuidadores estão estendendo um pedido de ajuda.

Como Mukunda Goswami narra em seu recente livro: "Milagre na 2ª Avenida", ele alugou a loja com um apartamento contíguo maior em 1966 para Prabhupada que tinha viajado para a América a partir de Vrindavana, Índia, menos de um ano antes, com o propósito de espalhar sua mensagem da consciência de Krishna.

Prabhupada transformou a loja aos poucos, então uma loja de presente com o nome maravilhosamente profético: "Presentes Inigualáveis" seria o começo dos Templos Hare Krishna da ISKCON até os dias de hoje.

Lá, Prabhupada estabeleceu a sede da Sociedade, traduziu seu famoso Bhagavad-gita, dava aulas três vezes por semana, e viu seus seguidores crescerem até 1968, quando a loja foi se tornando pequena demais para acomodar todos eles. O Templo de Nova Yorque mudou-se para instalações maiores, a ISKCON se transformou em um grande movimento em todo o mundo, e a "2ª Avenida, nº 26" foi deixada para trás.

Quando Prabhupada faleceu em 1977, no entanto, os devotos começaram a olhar para trás, como um local de peregrinação, o lugar perfeito para se lembrar do seu mestre espiritual.

Até o seu 20º aniversário da ISKCON em 1986, a loja, agora loja de um antiquário, foi cercado pelos devotos no peering, recebendo visitas guiadas, e prostrando-se até mesmo na calçada.

Em 1991, os devotos Brooklyn liderada pelo presidente do Templo Ramabhadra Dasa re-alugaram a loja, renovaram e usaram fotos antigas para redesenhar a famosa placa "Presentes Inigualáveis". Em julho daquele ano, eles re-inauguraram o centro para o público em comemoração do 25º aniversário da ISKCON.

O pequeno Templo foi homenageado como um local de peregrinação sagrado, visitado por devotos de todo o mundo que queriam ver o lugar onde Prabhupada tinha começado a sua expansão dinâmica da Consciência de Krishna em Nova York, e de lá, em todo o mundo.

É uma viagem temporal para os primeiros dias da ISKCON, um lugar onde você ainda pode conversar com os habitantes locais, que dizem: "Eu conheci o Swami." O filho do Sr. Chutey, locatário de Prabhupada, ainda propriedade do bloco de apartamentos atraz da "2ª Avenida, nº 26". E o repórter aposentado que substituiu Prabhupada como um inquilino quando saiu em 1968 ainda vivia lá, e recordou entrevistando Prabhupada. Além do mais, Tompkins Square Park, onde Prabhupada realizou o primeiro Kirtana público, fica a apenas alguns quarteirões de distância.

"2ª Avenida, nº 26" foi onde a congregação de devotos começou a crescer. Em 1998, o Ashram Bhaktivedanta foi estabelecido ao virar da esquina, para acomodar mais estudantes em tempo integral. Em 2005, a comunidade tinha mais uma vez superado o as dependências da loja "2ª Avenida, nº 26" tal como tinha em 1968. Todos os programas e divulgação mudaram-se para uma novo lugar com seis andares do edifício, conhecido como o Centro de Bhakti.

E hoje, o importante local de peregrinação, a "2ª Avenida, nº 26" corre o risco de, mais uma vez, sair das mãos da ISKCON.

"Alguns anos atrás, o principal doador da loja retirou o seu apoio, e agora o lugar está sendo apoiado principalmente pelo Centro de Bhakti, bem como por uma pequena quantidade de outros doadores constantes", explica o tesoureiro da"2ª Avenida, nº 26", Yadhunath Dasa: "-O problema é que esses doadores se espalham por não menos de seis Templos na área de Nova York." Há os historicamente doadores significativos da "2ª Avenida, nº 26".

Então, em Manhattan, há Bhaktivedanta Ashram, que abriga quatorze estudantes celibatários, e do Centro de Bhakti, que está apresentando a consciência de Krishna dentro de um contexto, cultural relevante. Há também o Mandir Radha-Govinda no Brooklyn em Nova Iorque e outro no Queens, e não um, mas dois Templos em Nova Jersey.

Sendo assim, está Yadunath implorando aos devotos da ISKCON ao redor do mundo para abraçarem as mensalidades de aluguel e despesas do "2ª Avenida, nº 26", de modo que o local histórico de peregrinação não seja perdido novamente.

"Nenhum dos outros Templos de Nova York, traria um cidadão, muito menos em todo o mundo, recursos para o patrocínio", diz ele. "Mas nós sentimos que é apropriado fazê-lo pela "2ª Avenida, nº 26", em que toda a comunidade internacional tenha uma participação."

As despesas da loja são mínimas, menos de US $2.000 por mês. "Se vinte devotos são capazes de acomodar uma promessa $100 para a "2ª Avenida, nº 26" por mês, a lojinha continuará no poder da ISKCON", diz Yadunath. "As pessoas podem dar menos do que isso também, é claro, e se eles fazem mais do que isso, então nós começamos a realmente construir algum tipo de reserva que podemos usar para melhorar o local e trabalhar em direção a nossa visão de longo prazo."

Esta visão de longo prazo é um plano interessante para fazer a "2ª Avenida, nº 26" auto-sustentável, os compromissos mensais são um meio para um fim, e não um paliativo impensado.

"Queremos transformá-lo em seu próprio museu em homenagem Srila Prabhupada e sua contribuição para o mundo", diz Yadunath. "Nós adoraríamos restaurar o local à maneira como ela estava quando Prabhupada estava lá."

Ele acrescenta: "Além disso, em algum momento, a compra de todo o prédio, bem como os apartamentos que estão ligados, faz muito sentido. Prabhupada vivia em um desses apartamentos o qual seria parte do museu.

Possuir todo o prédio iria acabar com velhos desafios, mas criariam-se novos, embora melhores.

Portanto, quando o prédio pertence a ISKCON, pelo menos, eventualmente, ele pode se tornar um local auto-suficiente."

Para salvar a vitrine histórica para que as gerações futuras possam continuar a ir em peregrinação ao local exato onde Prabhupada começou seu Movimento Hare Krishna, visite e faça sua doação:
krishnanyc.com/giving.html


Ou, para fazer um outro tipo de doação, escreva para Yadunath Dasa pelo e-mail:
yadunath@bhakticenter.org

Para ler a matéria original em inglês acesse: news.iskcon.com/node/4009

Fontes: fórum Krishna-katha; Madhava Smullen; ISKCON News


Compartilhar

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário