domingo, 30 de agosto de 2015

300 anos dos laddus de Tirupati - Índia


Os famosos laddus de Tirupati, do Senhor Balaji, completa 300 anos. Foi introduzido pela primeira vez em 1715.

Sri Vari Laddu ou Tirumala Laddu, A Prasadam do Senhor Sri Venkateswara em seu Swayambu santuário Tirumala é agora uma prasadam de 300 anos. Autoridades dizem que a oferenda foi introduzida no sagrado templo em 02 de agosto de 1715.

Laddu é o mais popular de todos os tipos de diferentes Prasadam, servido aos devotos no santuário do monte de Senhor Venkateswara. Com grande peregrinação e o mais rico templo hindu do mundo, Tirupati não é completo sem os laddus. Feitos de farinha de grão de bico, açúcar, óleo de manteiga (ghee), cardamomo e frutas secas. O doce é de dar água na boca, é o mais procurado depois da prasadam e das orações para Senhor Venkateswara.

De acordo com o Tirumala Tirupati Devasthanam (TTD), que administra os assuntos do santuário na colina, cerca de noventa milhões laddus foram consumidos pelos peregrinos em 2014. O preço normal de um laddu de 300 gramas é $25 Rupias. A TTD diz que o uso de ingredientes de qualidade faz com que os laddus sejam caros, mas vende os tão procurados laddus a um preço altamente subsidiado.

Como um privilégio aos peregrinos, dois laddus são vendidos a um preço ainda mais subsidiado de $10 rupias cada. O venda de Prasadam é uma importante fonte de renda para o templo, que teve um orçamento de $ 2.401 crore para o ano fiscal 2014-15.

A prasadam é vendida durante Brahmotsavam. No ano passado, cerca de 1,8 milhões laddus foram vendidos nos primeiros sete dias de Brahmotsavam, quebrando todos

Os recordes anteriores. Cerca de 620 pessoas, das quais 270 cozinheiros trabalham na preparação dos laddus e outros tipos de Prasadam. A TTD assumiu modernização da cozinha do templo no ano passado com a instalação de duas correias rolante para a confecção dos laddus, encaixotamento e transporte.

O Executivo da TTD, senhor K.S. Sreenivasa Raju disse que o sistema de transporte tem a capacidade de transferir até 800 mil laddus todos os dias.

O Gabinete do secretário de patentes, marcas e indicações geográficas de 2014 concedeu o status de indicação geográfica (IG)  e registro de patente para os laddus de Tirupati.

TTD funcionários disseram que tinham de fazer valer os direitos de IG e patente, pois alguns “espertos” de pequenos negócios, bem como grandes lojas de doces conhecidas estavam vendendo laddus com nomes semelhantes aos 'Tirupati laddu'.

O Tribunal Superior Madras em 2013 proibiu uma firma de doces na cidade de Chennai de usar a marca 'Tirupati laddu'.

A TTD argumentou que 'Tirupati laddu' tem sua própria santidade como ele é oferecido aos pés do Senhor Venkateswara antes de ser disponibilizado aos devotos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário